Aula 4

Ciclos da Bolsa de Valores

João da Silva
Conheça
Bea Aguilar
Bea Aguillar fez seu primeiro investimento em renda variável no ano de 2011, ainda quando dividia seu tempo entre estudos, investimentos e seu trabalho em um dos maiores bancos do país. Depois de 7 anos trabalhando nas maiores instituições financeiras do Brasil, ela entendeu que aquele já não era mais o sonho dela e sua realização profissional teria mudado de rumo para a bolsa de valores!

Em 2011 o foco eram investimentos em ações visando o médio e longo prazo, mas em 2014 quando a realidade de um emprego com carteira assinada já não existia mais, Bea Aguillar se inseriu no mercado de day trade, que consiste em operações de curtíssimo prazo, atuando todos os dias no mercado, o que contribuiu para o seu aprendizado e experiência. 

Depois de 8 anos como investidora e amante da renda variável, Bea Aguillar já testou diversas estratégias, em diversos mercados e modalidades, podendo hoje ter clareza do que realmente funciona ou não para o próprio dinheiro. Hoje, com foco no longo prazo, acredita que esse é o caminho mais seguro para quem busca construir patrimônio e viver tranquilamente no futuro mesmo investindo na bolsa de valores.

Aos 28 anos, ter 100% dos seus investimentos em renda variável não é algo que lhe tira o sono, mas ao mesmo tempo se faz necessário estar o tempo todo atualizada e aprimorando sua estratégia. Dessa maneira, com o desejo de ajudar mais pessoas e disseminar informações sobre a bolsa de valores, há 2 anos decidiu criar um canal no Youtube para compartilhar sua experiência e conteúdo e desconstruir alguns mitos e preconceitos quanto a essa modalidade de investimento. Dessa maneira o canal Papo de Bolsa se tornou um dos únicos a ter uma mulher tratando desse tema de maneira simples e descomplicada, com linguagem acessível a todos! Hoje com mais de 200 mil inscritos no Youtube e 80 mil seguidores no Instagram, o objetivo segue sendo o mesmo: educar financeiramente a população brasileira provendo informações de maneira democrática!